terça-feira, 2 de junho de 2015

moietymoiety – 125





se o bulbo do meu pelo é o teu começo
homem
se minha cara é essa mesma
a cara que te esteia
com sorrisos frouxos

ai, sacuda-me
sacuda-me um pouco vez ou outra o tempo todo
com a tempestade que tenta
tenta e cai e tinge os dias da cor da tua pelagem
nós
meus nós dos dedos na pinça

nós, se o bulbo do meu pelo é o teu começo
com sorrisos e frouxidão

nós e uns dedos













(série do larCavoDica a ser postada também aqui)










§§§



amanhã alguém morre no samba


(os doudos aceitam pagamentos via paypal)




2 comentários: