segunda-feira, 28 de abril de 2014

REZADONICHOPESCADÔ/ minha senhora minha senhora




















se justifico a vida grosseira de uma rocha sobre a boca daquele homem que te maldiz
então é porque sou justificador
pesco pouco nas horas em que não
olho e vejo e enxergo quase e então
somente os olhos dos peixinhos semivivos, já enganchados na minha e na tua fome
se justifico as línguas grosseiras com mais da metade do corpo para fora do que pano
então é porque sou
um justificador
tenho as mãos cheias de cacos para não ser, minha senhora
não presto mais pra isso de conviver
daí o barco talhado feito esquife
de bordas tomadas pelas cigarras mais taciturnas que já pude

desse hoje mixo
arroubo veloz levando teu rosto nas gotas inumanas











§§§





E estou lá, com tanta alegria e honra, entre as meninas da série (AS MULHERES POETAS...(49ª postagem)) que o jornalista e poeta Rubens Jardim segue postando em seu sítio e no overmundo



Obrigada, querido!
Obrigada pelas oportunidades: estar entre essas lindas mulheres e acompanhar essa maravilhosa série!






Um comentário: