sábado, 23 de novembro de 2013

moietymoiety – 79




guardo
uma meia-lua
numa
minha mão
durmo
sobre a responsabilidade
numa grota fincada
ao resto do cenário
arrombado


imediata
minha outra
a mão
firma o nó
numa minha grota
a garganta
já vencida do pudor
este meu









(série do larCavoDica a ser postada também aqui)






moietymoiety – 78





é meu aniversário
deixa-me sujeita a
sou tão amável
sou portanto amável
já disse
no sentido de que pode-se
é perfeitamente possível
me amar
sou uma sujeita
eu sou












(série do larCavoDica a ser postada também aqui)





quinta-feira, 14 de novembro de 2013

moietymoiety – 77




tem vez de pensar VIGOR
pensar INEXORÁVEL
e nada ser espelho ou caco disso
e vez de pensar NADA SE SALVARÁ
pensar TUDO SE EMBOSTEIA








(série do larCavoDica a ser postada também aqui)








§§§















Grata, Silvana, Mariza! Beijo imenso, meninas!



segunda-feira, 11 de novembro de 2013

moietymoiety – 76





succeed that my hair is to attached to this hand of mine
happens that succeeding is to more chic that happening
then
succeed that
my hair is very attached to this hand of mine
my wife cries
BREATHE, BREATHE!
and
what succeed is that I do breathe
but the hand
succeed to be
still there
a completely unsuccessful trial

my other hand succeed to be fine.










(série do larCavoDica a ser postada também aqui)







§§§











Grata, Silvana, Mariza! Beijo imenso, meninas!


terça-feira, 5 de novembro de 2013

Escritoras Suicidas
















Grata, Silvana, Mariza! Beijo imenso, meninas!




moietymoiety – 75





fica cativa da doçura
(meia lágrima de vaca
tendendo a refinada taça)
o refinamento
o refinamento
(fica nua e cava
meia lua e cabaz
sobe o teu rosto
corrompe tua testa)
fica cativa a doçura
o refinamento que dura
a formosura e a joça
fica cativo o que dói









(série do larCavoDica a ser postada também aqui)