sábado, 16 de março de 2013

moietymoiety – 12






o raio é posto, parada e rio
não chegam os olhos ao nó da garganta
quando de lado a vida
o corte é trilha carcomida e zarolha
inda me sobra te dizer assim:
venha comigo, deixe o cavalo ao meio, de nada adianta, deixe o cavalo comigo.








(série do larCavoDica a ser postada também aqui)




Nenhum comentário:

Postar um comentário