terça-feira, 23 de outubro de 2012

GnosiS/ Sinais do Quê – 8









a cadeira
ou o significado dela
música
significante
e que não quebre
um som que atravesse
o sinuoso duma garrafa com
mensagem
que não
significado
significante, porém
ou seja: a cadeira
o desejo
um vívido
amado e livre
de boca seca
com um naco de inveja
o mesmo e de ouvir
ou outro, o que ouço
sem procurar sinais, palavras
cultura bacteriana
em desenhos de corações
a dor e a dor
um escuro abocanhado por tocantes de âmbar
resíduos
fome e poeira
uma causa de agonia
as grandes espessuras das frutas
não as texturas
rostos borrados
tempestades e pedras
não pedrarias
a cadeira


procure não entender:
minha força é burra
em ser
e me expor
é mais;
não quero significar
não significar
é minha desumanidade palpável
já desse significante
que me dói
e em doer
me arranca da responsabilidade
rasga-me, queima-me
sequer evidência serei
minha música, minhas letras
sequer minhas.
minha boca seca sequer.


sequer posse, sequer.



sequer a cadeira.








Um comentário: