sexta-feira, 27 de abril de 2012

NICHETINHAS/ ninguém é de ninguém – 1





No vilarejo Pelado, a quem dava o ArdumeSafadeza, era recomendada a garrafada-tartarucedrosa, que era a garrafa criada desde de pequeninha com uma tartaruguinha-teta dentro e alimentada de alga da parte mais salitre do mangue-da-benga, de forma e maneira e acordo que a tartaruguinha-teta se inchasse-se toda não podendo asair-se da já adulta garrafa e morrendo ali, onde justa e providencialmente, era despejado o rum criado em barril de cedro resignado e cego, jazendo, assim, a garrafada-tartarucedrosa, Santo remédio para quem sofre do ArdumeSafadeza.







Um comentário:

  1. Cabei de dá um chupo na garrafa!Uh, tererê!

    ResponderExcluir