segunda-feira, 16 de abril de 2012

CaiXas/ formatando nichos – III




Nhô Jão deixa o Box, enxuga ao Corpo, hidrata-se inda Veste-se a la pipette(?). Nhô Jão coloca na Maleta Axadrezada, três mudas da Roupa, hidratante mais a Caixinha de ferramentas para o devido cuidado pedicuro. Ele embarca no Último Trem para Sirtokkrosit sentando-se sob a última Janela da Direita. Em Lá, Nhô Jão instala-se numa das tantas Hospedarias da Rua Trokis Ritosk ao Quarto 21 e, dali três Noites, despe-se de todo pano e pêlo, finca a lixa de aço primeiro na Aorta então na Jugular, suicidando-se enfim na Cidade de Sirtokkrosit, Onde a madeira para Caixões ainda provém das dignas e Clássicas Macieiras e Onde cupins, vermes e fervorosas viúvas, pois que pecam tanto na pronúncia de Sirtokkrosit, não chegam Nunca e Nunca e Nunca.

Um comentário: