quarta-feira, 21 de março de 2012

DIAPHRAGMATICOS/ velas o que capturas, instantaneamente, vês – 3







esboço de rosto feminino e senil, buraquinho num infinito negro muro, prova concretada da maior epistola do apóstolo Jorge(O São), vigoroso estêncil do Sol e ainda tem dia em que Celestina pode, escolher hora, via satélite (há!), de ser a primeira Lua a bastar o passo dum homem ou o salto duma perua humanidade.

2 comentários: