sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

PARLATÓRIO/ A Escultura, O Escultor – encomenda n°1




As estátuas sofrem com os olhos pela escuridão dos ataúdes,
mas sofrem muito mais pela água que não desagua.
...que não desagua.

MENINA AFOGADA NO POÇO, Frederico García Lorca.







Pediram que Aldo obrasse em argila e cobrisse em tinta acobreada um Major leitor da bíblia para o jazigo dum Major católico do tipo fervoroso. Encomendado e feito. Estatuado o dedo sobre a página do grande livro, inda o foco d’alma dura de forma e maneira que realmente, a quem freqüentasse o jazigo ocorreria o pensamento tal: ESTE HOMEM É UM MAJOR DE DEUS!
Contudo, contudo, somente aos mendigos do cemitério caberia a verdade, hora cantada por Aldo: ESTE MAJOR É UM HOMEM DE LORCA!

2 comentários:

  1. muito bom. tem um acobreado irascível, não temente,mas em canto. beijo.

    ResponderExcluir
  2. Pedir para obrar. Obrar. Belo verbo das mãos e da mente!
    beijos
    BF

    ResponderExcluir