domingo, 30 de outubro de 2011

Nichos/ Niniréquiemmmmmmmmmm




  BOBA, SONÂMBULA, MINHA ALMA ERGUEU-SE A ACOMPANHAR O CORTEJO FÚNEBRE DO CORPO. INDA REPETIA: QUERO O OSSO DISSO. QUERO O OSSO DISSO.
  CADELA VADIA.

2 comentários:

  1. Ironia e lirica. Um pouco de dualismo também...
    abraços

    ResponderExcluir
  2. é genial tudo aqui... caramba. muito boa a proposta do blogue. esquizofrenicamente lúcida. parabéns.

    ResponderExcluir