domingo, 31 de julho de 2011

Nichos/ PetNicho VIII



quê nasce o que me come do teu olho?
(é a Ursa quem me vê)
(quer levar-me aos dentes
 como Ursa que leva seu Ursinho
 ao quê
 atravessa o raso do rio do quê)
nascer pelo quanto quê
que me devora e cuida
do teu olho; desfio-me feito peixe fresco, Ursa,
tanta Ursa que maior, que urrados meus nascimentos pelo teu cuidado, que eleva a que do olho vê olho, olho, nicho em pêlos e patas de toque dum misto de mel e castanhas mistas do quê.


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário