sexta-feira, 10 de junho de 2011

Nichos/ Segunda Pena Dessa Fabulosa AveMaria em Nós



   
Dá-me do alcance, destes nestes, os braços, a metragem exata e também a por-morrer, uma pastoral. Dá-me, AveMaria da Soma, dá-me todo o VelhoNovo em extenso-profundo do tempo da pena pairando vidas e fábulas vividas entre estes e estes braços ao alcance de Deus, o mais robusto lenhador, dá-me Ave, dá-me aquele nicho ao fim do ramo, dá-me.
Quando berra AveMaria da Soma:
 — DOU-TE O NADA. PEGA-O. ALARGA-O SOB O TEU NINHO. À MEDIDA, DOU-TE O NADA.



3 comentários: