sábado, 23 de abril de 2011

Nichos/ O Jardim Rigoroso






A mim prendem-se heras e formigas.
Me distraio com elas e o tempo venta, irriga ...
Tentar desmentir os rigores do tempo é negar-se.
Como se o nicho, feito para elogiar a morte, também morresse
e fosse além de se exibir num outro nicho de uma morte desse ou de como o que.
Nesse meu
Empoleiram-se
Um pássaro aqui
E outro
E um outro mais.
(Esse último imita a minha vaidade.)

    Quieto, passarinho!
    O coveiro esta dormindo!

2 comentários:

  1. obrigada por adicionares o meu link à lista aqui ao lado
    beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  2. Que não acorde o coveiro. Boa Páscoa.
    Beijos

    ResponderExcluir