quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Nichos/ Niniréquiemmmmmmmmmmmmmmmmm






EU JÁ ESTOU AÍ. JÁ FUI UMA DE PARTIDA E JÁ CHEGUEI A TI, AMOR. ADEUS É SÓ UMA DAS DUAS ASAS EM ESTAR E EU ESTOU.

4 comentários:

  1. a corrente solta... frases acertando o alvo!!!

    ResponderExcluir
  2. "ADEUS É SÓ UMA DAS DUAS ASAS EM ESTAR..."
    de que me serve uma sem a outra?
    de que me servem as duas sem saber voar?
    de que me serve saber voar sem haver céu?
    para quê céu sem seu?...
    raios...
    abraços com pimenta e um lenço hipoalérgico!

    ResponderExcluir
  3. "Que haja viço, zelo e gorda aparência na asa que fica. A outra asa deve a metade comparecer. Desequilibra-se uma galinha com o alicate apropriado. Em dois dias a maneira como anda e ocupa seus respeitos, tolice, primazia e ciscada é retomada. O andar e os respeitos e tolice e primazia diminuem-se, entretanto. São ocupações da asa que é gorda. Na asa que comparece a metade, a metade que não comparece inicia a receber o nome de preguiça."

    ResponderExcluir
  4. Uma ou duas, meia ou inteira, os ares voam por aqui.

    ResponderExcluir